1.º Ciclo na Infancoop

1.º Ciclo na Infancoop

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Da escola do "O papá papa a papa" à escola do SIGNIFICADO

Ontem iniciámos o processo de aprendizagem da leitura e da escrita.
De acordo com o Programa Nacional do 1.ºCiclo, os alunos devem...
  • "Participar no registo escrito de experiências vividas"
  • "Desenvolver o gosto pela escrita por iniciativa própria (cada aluno deve ter um caderno onde possa fazer tentativas de escrita, garatujar, escrever como souber, o que quiser, quando quiser)"
  • "Relacionar produções orais dos alunos com a sua forma escrita"
  • "Experimentar múltiplas situações de descoberta, de análise e de síntese, a partir de textos, de frases, de palavras"
  • "Reconstruir o texto com expressões ou com palavras recortadas, em presença do modelo, sem a presença do modelo, no quadro de pregas, nos cadernos"

Como pode dar-se resposta a estas exigências do Programa, bem como à necessidade de motivar as crianças nesta sociedade cheia de estímulos?

Será que um método estanque, que apela a palavras infantilizadas (Papá, papa, popó, Tita, ........), promove o desenvolvimento intelectual, a motivação e o gosto pela leitura e pela escrita?


Hoje, apelamos à escola que faz sentido, porque parte das vivências e dos interesses das crianças.

1 comentário:

MS disse...

É com crescente optimismo que encaro este processo. Continuem o bom trabalho.